Projeto Mulheres Empreendedoras capacita público feminino e estimula economia criativa

A Prefeitura de Juazeiro do Norte, por meio das Secretarias de Desenvolvimento Econômico e Inovação (Sedeci), Cultura (Secult) e Desenvolvimento Social e Trabalho (Sedest), junto ao Instituto Rede Mulher Empreendedora, realizou capacitações para as mulheres do João Cabral, Timbaúbas e de vários outros bairros da cidade, nessa segunda-feira, 17, buscando a formação de um polo de empreendedorismo feminino e o fomento da economia criativa.
A oficina de confecção de adereços do reisado e um desfile, marcado por seu brilho e colorido, além
das palestras sobre temas como networking, finanças, marca pessoal e ferramentas digitais, no Centro de Referência de Assistência Social (CRAS) do João Cabral, reuniram mais de 60 mulheres sedentas por empoderamento para transformação da vida pessoal e profissional.
Rafaela da Silva, do Parque São Geraldo, por exemplo, precisa incrementar a renda porque a família aumentou. Uma boa alternativa pode ser confeccionar peças dos tradicionais grupos folclóricos locais, ricos na expressividade cultural do Cariri. 
"Atualmente, faço bolos e doces para pronta entrega e encomenda. Ganho cerca de 700 reais por mês. Mas, já trabalhei com o artesanato em palha e, durante a oficina com o José Nilton, percebi que esse tipo de negócio tem tudo para ser lucrativo", disse.
O artesão José Nilton do Nascimento confirma a boa rentabilidade. Segundo ele, entre dezembro e fevereiro, apura até 5 mil reais, atendendo demandas de todo o Brasil via redes sociais. "Coroas e espadas do reisado que confecciono custam, no mínimo, 200 reais, enquanto gasto com matéria-prima apenas 45 reais", destacou.
"No meu caso, aprendi muito sobre o poder da autoimagem no impacto das vendas", afirmou Rildelânia Mendes, corretora de imóveis.
Para Hayana Cavalcante, coordenadora do CRAS do bairro João Cabral, "é preciso colocar também que as mulheres empoderadas tendem a se libertar de ciclos de violência, geralmente repetidos pela dependência do dinheiro dos maridos ou companheiros."
Projeto
Ajudar a proporcionar independência financeira e melhorar a autoestima e autoconfiança das participantes são os principais focos do Projeto Mulheres Empreendedoras, executado pela Diretoria de Comércio e Serviços da Secretaria de Desenvolvimento Econômico e Inovação de Juazeiro do Norte.
"Assim como o Prefeito Arnon Bezerra orienta, estamos somando forças e capacitando para a melhoria da qualidade de vida das famílias em todos os sentidos, ao mesmo tempo em que estimulamos a economia criativa e o potencial empreendedor das mulheres", ressaltou o Secretário da Sedeci, Michel Araújo.

De acordo com a Diretora de Comércio e Serviços da pasta, Josefa Costa, as capacitações seguirão no decorrer do ano, fortalecidas pela integração com as Secretarias de Cultura e de Desenvolvimento Social e Trabalho e pela parceria com o Instituto Rede Mulher Empreendedora - Irme, que tem o apoio do Google e desenvolve o maior programa de capacitação de mulheres do Brasil, o Ela Pode.
 

Fotos: Lino Fly

Fotos